02 janeiro 2015

Passas ou não passas, eis a questão!

By, [miss]Framboesa
O único ano em que não comi passas á meia noite, pelo menos desde que me lembro de ser gente, foi um dos anos mais especiais da minha vida, como se se invertesse a superstição: 
Casámos, começámos a viver juntos na nossa casa, fomos ao México, viajámos a dois até Espanha, aprendi a cozinhar do zero, acabei o estágio e fiz a agregação à Ordem dos Advogados. 
Desde aí sempre comi as 12 passas (até porque gosto muito de passas, por mim podiam ser 365 que eu dava conta do recado).

Até há 2 dias atrás,quando me esqueci completamente das ditas. 
Ansiosa por ver como vai ser 2015 ;)
Xo,Xo, F.

4 comentários:

Vânia Martins disse...

Eu não como. Desisti há dois anos quando percebi que comia uma ou outra e as outras acabava por deixar de lado. Com não sou supersticiosa nã me faz diferença :)

Cátia Rodrigues disse...

Eu comi as minhas :p

THE PINK ELEPHANT SHOE 

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Eu como...o ano todo...mas este ano escapou-nos!

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Devias ter comido umas a mais a contar comigo :D