05 janeiro 2015

Ovos felizes

By, [miss]Framboesa

E este fim de semana demos um passo enorme grande em termos de nutrição e qualidade de vida. Não, não entrámos em dieta.(Isso é amanhã, calma!)

Comprámos ovos de galinhas felizes!
De galinhas felizes! 

Depois de uma pesquisa mais ou menos apurada, decidimos passar a comer apenas ovos de galinhas criadas ao ar livre, alegres e desempoeiradas. 
Felizes, portanto. 
Cremos piamente (passo a expressão) que só podem advir coisas boas desta decisão. 

(Entretanto vamos engendrar uma maneira de convencer a minha mãe a voltar a criar galinhas, porque a felicidade dos ditos é proporcional ao preço.)
Xo,Xo, F.

6 comentários:

Cátia Rodrigues disse...

Bem original, nem sabia que se podiam descobrir ovos assim :)

THE PINK ELEPHANT SHOE | FACEBOOK | INSTAGRAM

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Eh pah, foi mais ver de onde vêm os ovos das galinhas em gaiolas...aquilo mete tanta impressão, tanto sofrimento, tanta hormona...Assim pelo menos é menos uma porcaria que comemos!

Vânia Martins disse...

Eu tenho galinhas dessas, passam o dia a circular pela quinta por onde querem, a comer erva, a esgravatar o estrume à procura de minhocas... agora que os meus cães já não as tentam comer nem correr atrás delas, são galinhas felizes :)

Sony Mingoss disse...

Unos huevos divinos..de unas gallinas en completa libertad en todos los sentidos!
Bss...

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

A minha mãe também tinha ...elas até esparguete comiam, as donzelas :)

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Si, es verdad! :)