03 dezembro 2015

Querido Pai Natal

By, [miss]Framboesa


Update: infelizmente a Luna é hoje mais uma estrela no Céu.

Porque não consigo conceber que haja uma luz ao fundo do tunel para uma criança e a mesma se esteja a desvanecer devido a questões monetárias, neste Natal peço aos meus "patrocinadores" que depositem um pequeno valor, por mais simbólico que seja na conta da Luna...não poderia pedir presente melhor!Nem quero outro presente!Obrigada!




NIB: 0018 0003 2281 2465 0202 3
IBAN: PT 50001800032281246502023
SWIFT/BIC: TOTAPTPL
Beneficiário: Adriano José Viana Moreira
Xo,Xo, F.

26 novembro 2015

(Obrigada)

By, [miss]Framboesa
Agradeço muitas vezes todas as minhas bençãos, talvez não o faça tantas vezes quanto deveria, mas faço-o amiúde o que já de si é uma benção, ter tanto para agradecer.

Este ano, especialmente, tenho muito, muito a agradecer.

Dizem que quando sentimos que estamos prestes a perder algo ou alguém, é que lhe damos o devido valor e nunca isso foi tão verdade na minha vida. E é duro quando nos confrontamos com o cliché em toda a sua plenitude e crueza. Felizmente, foram raros os momentos na minha vida em que fui confrontada com esse tipo de angústia, só superados com muita, muita fé e a íntima certeza que hoje poderia agradecer o ultrapassar dessa tormenta.
Por isso agradeço.
Agradeço infinitas vezes os momentos maravilhosos deste ano, o realizar de sonhos, a família fantástica que tenho, os amigos que me fazem sorrir.Agradeço o marido que Deus colocou na minha vida e os Pais que escolheu para mim.Agradeço as dificuldades ultrapassadas e o apaziguar de grandes (enormes) tempestades.

Obrigada do fundo do coração!
Xo,Xo, F.

25 novembro 2015

Hoje ouvi a primeira musica de Natal no radio.Ouch!

By, [miss]Framboesa
Então uma pessoa passa quase três meses de baixa, albergada na casa dos papás carregada de mimos e afins. Nos entretantos vai transferindo tudo o que lhe faz falta durante a recuperação, para o seu quarto de solteira (coisa pouca) (mentira, foi muita, muita coisa). 
Chegamos a Novembro e uma pessoa regressa a casa e tenta encarrilar (a custo) no quotidiano interrompido, regresso ao trabalho, rotina pessoal e doméstica... tenta também organizar-se com toda a tralha que acumulou em casa dos pais + presentes de aniversário +  premios de passatempos + roupa de Verão a trocar pela de Inverno ... 
Como tem bastantes dias de férias por gozar, aproveita esses dias para se organizar, até porque a época natalícia está aí e o reboliço relacionado com a época aproxima-se a passos largos. Pensa em tirar uns dias de relax, nada de maluqueiras para não escavacar o braço e o ombro. 

Mas devido a uma insanidade mental qualquer induzida pelos medicamentos, pela fisioterapia de calibre tortura ou pelos valores das viagens em last-minute, uma pessoa mete-se num avião para Barcelona, onde embarca num navio durante 3 noites para Génova, fica por aí três dias e depois regressa durante 4 noites noutro navio para Lisboa. E ainda arrasta para esta aventura tresloucada os cunhados que se deixaram convencer em pouco mais de 5 minutos de conversa para embarcarem no seu primeiro (e segundo, vá) cruzeiro, marcados à doida.(E dizem os boatos que adoraram!)

Foram 10 dias intensos (qual relax qual quê...), com muita paródia, riso até às lágrimas, muitas comezainas (ah la bella italia...) milhares de fotos registadas por 4 telemóveis e 3 máquinas fotográficas, (muito) poucas horas de sono, alguns premios ganhos em torneios, canecas e chás "oferecidos" pelo navio (cof cof cof)... Dias que nunca poderiamos prever há 3 semanas atrás (até porque numa realidade paralela qualquer, deviamos estar a entrar nos eixos e voltar à rotina e não a deambular por Cinque-Terre, a palmilhar as Ramblas ou a dar belos mergulhos antes do jantar)...Dias que nunca iremos esquecer!

Hoje ouvi aterrorizada a primeira musica de Natal na radio. 
Tenho um (UM!) presente de Natal comprado. 
Custa-me a crer que estamos quase em Dezembro.
A nossa sala é uma amalgama de resteas dos 3 meses fora (cuja organização foi interrompida pela preparação relâmpago para a viagem) + despojos desta recente aventura.Andamos todos a arrastarmo-nos e com sérias dificuldades em recuperar o sono perdido.O meu braço tem-se lamentado.Há uma seria probabilidade de só conseguir fazer a árvore de Natal lá para dia 23 e da mesa da Consoada para 14 pessoas ser montada no balcão da cozinha.

Ando estafada.
Repetia tudinho :)
Xo,Xo, F.

08 novembro 2015

A pausa

By, [miss]Framboesa
Tanta coisa mudou desde Agosto e tanta coisa vem por aí!!!
A baixa de três meses (os meus pais foram fantásticos como sempre, o meu marido igual a ele mesmo-love ya Pe), uns dias terríveis (mesmo,mesmo, os piores do ano), as melhoras lentas, o recente regresso a casa, a fisioterapia que deve durar até á Páscoa,  e...e...



Xo,Xo, F.

19 agosto 2015

Cirurgia ao ombro 101

By, [miss]Framboesa

-Esquece as t shirts. (Pelo menos) nas três primeiras semanas não vais conseguir mover o braço de modo a enfiar a manga.E enfia sempre a "manga" correspondente ao membro operado primeiro.

-Na sequência do tópico anterior:arranja tops com alças bastante fundas...não, não vais conseguir vesti-los sozinh@ mas consegues vestir com ajuda.

-Ah...ajudas...tem mesmo que ser...

  • Se te deitares na horizontal não vais conseguir ter força abdominal suficiente para te elevares sozinh@ (ok, eu não tenho força abdominal suficiente para me elevar sozinha sem escancarar o ombro e uivar de dor). 
  • Bifinhos e afins têm que ser cortadinhos...também podes optar por espetar o garfo num naco de bife e ires comendo assim á laia de festa na aldeia do Asterix.
  • Enquanto não tirares o penso tens que arranjar uma estratagema para lavares o cabelo sem o molhar...aqui em casa enfiaram-me num saco do lixo preto gigante e esfolaram-me lavaram-me a cabeça no lava louça.Isso.
  • Conduzir.Sem comentários.(Não consegues fazer um rabo de cavalo porque o braço não te passa do queixo e querias conduzir, 'né?).

-Computador.Vais desenvolver uma pericia razoável em teclar só com uma mão.Os acentos e ctrl+alt+del é que é uma chatice.E as maiúsculas.

-Ah.Vais ficar atualizad@ com todos os status de todos os teus 5341643 amigos e paginas que segues no Facebook.E com os programas da manhã.Quase vais cair na tentação de ligar para os numeros que dão premios...porque ouvir aquilo 75 vezes é bastante persuasivo.

-Não, não vais andar a cirandar pela casa nem na rua á vontadinha (na rua?! LOLOLOL).Mal passem os efeitos dos medicamentos dos primeiros dias, uma simples caminhada e parece que andas a galope. Além disso se tiveres uns reflexo fantásticos como os meus, basta ver uma colher a cair para te virares passado um milésimo de segundo para apanhar, assim á bruta.Depois uivas e esperas que não tenhas escancarado tudo.Juízo,sim?

-Nas primeiras três semanas não tires o suporte do braço se andares a cirandar.A história dos reflexos ganha proporções gigantescas quando não tens o braço protegido.(Episódio #529-A história da escova de dentes que quase caiu ao chão e eu me virei para apanhar.Á bruta).Idem aspas para tirar o suporte para dormir.(Episódio #167-O terror)

-Desodorizante neutro e agua termal em spray para pele sensível.Muita água termal.Por estares com o braço  mais preso e menos arejado vais começar a ter comixões desde o cotovelo até ao sovaco.De nada.

-Se te incomodarem as marcas que ficam no ombro podes sempre dizer que são tatuagens de pequenas centopeias. 

Ah. 
E não.Não vais estar em condições para trabalhar três dias depois da cirurgia.
(Não que me tivesse passado isso pela cabeça, mas é só para avisar).
Xo,Xo, F.

14 agosto 2015

Meu querido mês de Agosto

By, [miss]Framboesa

Arranjei um 31 no ombro há umas semanas atrás.Na verdade há quase 38 anos atrás, já que está relacionado com um defeito congénito.Já tinha tido ameaços mas desta vez foi...de vez. 

Há mês e meio acordei sobressaltada a meio da noite, uma dor dilacerante, perdi os sentidos, tive convulsões...e a semana passada fui operada ao ombro.Diz que não havia espaço para os tendões, entretanto rasguei o músculo, criei uma inflamação e pumba.

Para mim esta situação foi uma verdadeira novidade...nunca tinha estado internada, muito menos tinha levado uma anestesia geral (que foi uma boa porcaria, que me deu volta a cabeça, enjoos vários dias e volta aos "nerves"). Nunca esta que vos fala tinha sido sujeita á cena da arrastadeira ( e quem me conhece sabe o quanto gosto de estar exposta a tais preparos....not...)...

Agora estou hospedada, feita madame, em casa dos meus pais...a recuperação é de muito lenta a lenta. Tenho passado benzito graças a todo o apoio que tenho recebido...nisso os meus pais e marido têm sido incansáveis.

As noites são nhennnn, porque tenho que estar com o braço imobilizado (uma vez saltou-me do apoio durante o sono e até a bílis me subiu à testa...). Como não aguentava de dores nos rins por estar sempre na mesma posição horizontal na cama e porque tinha que ter sempre ajuda para me erguer, passei a dormir no sofá da sala que se pode reclinar automaticamente e assim consigo passar melhor as noites. Já vou fazendo melhor a ginástica que o medico me recomendou para não deixar calcificar o ombro, embora ás vezes me pareça que nunca mais vou conseguir mexer o braço ... Como se acabaram os medicamentos tenho sentido agora mais desconforto (doi-me, vá), mas o médico já me sossegou, diz que é normal, que tenho que descansar o ombro.

E depois é o dia a dia...pareço uma velhota a levantar-me de cadeiras e sofá, a minha mãe é que me prende o cabelo e o lava, preciso de ajuda para vestir e despir as partes de cima, como só com uma mão, tenho um medo terrível de me desequilibrar e cair (eu sou muito dada a desequilibrios), movimento-me com alguma lentidão porque qualquer safanãozito se reflete no ombro...

Custa-me faltar ao trabalho, custa-me estar limitada, assustar-me quando me mexo mais depressa, com medo de já ter escancarado qualquer coisa.Custa-me dar tanto trabalho.Não ir de férias. Passar o meu aniversário assim.

Mas sou extremamente priveligiada por ter todo este carinho dos que me rodeiam e abençoada por as coisas se estarem a compor.O resto vem com o tempo.
Xo,Xo, F.

24 julho 2015

Somos foodies, pronto!

By, [miss]Framboesa

http://www.worldofwanderlust.com/20-foods-around-the-world-you-must-eat-before-you-die/

...e quando viajamos levamos sempre uma listagem com artigos deste gênero, devidamente adaptados ao local...e que suspiros soltei ao constatar que já provei "in loco" 12 dos piteus apresentados (incluindo a butter beer do Harry Potter em Orlando) :D
Xo,Xo, F.

10 julho 2015

Ivan

By, [miss]Framboesa
Long story made short : há um par de meses mudou-se para o andar de cima um casal com um recem-nascido.O bébé berra (não chora, berra mesmo com todo o fulgor dos seus pequenos grandes pulmões) grande parte da noite.(sim, sim os pais sofrem mais e tal e tal e tal...whiskas saquetas)

Ontem chegámos um pouco mais tarde a casa e eu estava a falar um pouco alto para as horas.
Ele: shiuuuuu pah...ainda acordas o Ivan.
Eu (ingenua e com voz melosa): Ahhh...o bébé chama-se Ivan?
Ele: Sim.


(...)



Ivan, O terrível.
Xo,Xo, F.

16 junho 2015

Just saying

By, [miss]Framboesa
A proposito do post de ontem a musica de hoje foi:

Quando você se foi
Chorei, chorei, Chorei
Agora que voltou
Sorri, sorri, sou Rei

Tenho carreira nesta área da vidência.
Xo,Xo, F.

15 junho 2015

Framboesa, a vidente

By, [miss]Framboesa
Quando entro no carro de manhã defino mentalmente que a musica que estiver a tocar no radio irá caracterizar esse dia. 

O meu humor faz depois a restante interpretação...

Se estiver num dia bonzinho, qualquer musica de fazer chorar as pedras da calçada vai apenas significar que sou uma sortuda por ser tão feliz e blah,blah.
Inversamente, se estiver com feitio ruim, o "It's a beautiful day" vai-me arrancar expressões de desdém e vou logo dizer que até a musica está contra porque o dia está beautiful para todo o mundo menos para mim.

É assim uma espécie de horóscopo.

Na volta é assim que os horóscopos das revistas são construídos!

btw:hoje foi Conqueror, de Estelle
Xo,Xo, F.

Rumo aos... (qualquer coisa menos o que tenho hoje) #2

By, [miss]Framboesa

Update do 2.º mês :

O chato:
A meio deste mês tive que abrandar os treinos...comecei a ficar com dores nos joelhos de tanto galope por isso agora só ando a trote.
Continuo a achar que as minhas gorduras deviam escorrer pelo corpo (pernas, vá) abaixo, mas pelos vistos estão a evaporar-se aos poucachinhos... 
(Sim, acho que vai haver sempre "o chato", sou uma inconformada)

O bonzinho:
Sinto-me mais tonificada...um niquinho, não noto assim por aí além, mas estou :) Tentei vestir alguns pares de calças que não passavam sequer das pernas, e já as consigo vestir, suster a respiração até aguentar e depois despir para ganhar fôlego.
Eliminei o leite de vaca (mesmo sendo magro) da minha rotina e tenho-me entretido com leite de soja light e de aveia (que eu adoro, já agora).Não noto qualquer diferença em termos de saúde ou inchaço ou lá o que seja.Noto na carteira.Na volta não sou intolerante ao leite das vaquinhas.

O sim sanhores:
Baixei 2,5 kg desde o último update. Oh yeh! A maioria do peso perdido ocorreu em pouco mais de uma semana, o que é estranho. Como não noto grande coisa em termos físicos, calculo que tenha a ver com o abrandamento dos treinos (= menos massa muscular) (Ou então emagreci bastante nos dedos dos pés).
Comecei a fazer exercício mais localizado nas pernas, mas é coisa recente que por enquanto só me tem granjeado dores musculares em áreas que desconhecia serem possuidoras de músculos.


Daqui a um mês voltamos a "conberssar" ( e como é pós mini-ferias a coisa vai ser dramática)
Xo,Xo, F.

Youzz - KÉRASTASE Thérapiste

By, [miss]Framboesa
Ao abrigo de uma campanha da Youzz experimentei produtos da linha KÉRASTASE Thérapiste,(shampoo, máscara e serum) uma linha de cuidados para cabelo a precisar de mais brilho, nutrição e saúde. 

A experiência de lavar o cabelo foi maravilhosa sim senhora, não só o shampoo, mas sobretudo a máscara que tem corpo, não escorre, é super macia e o serum que se aplica depois de lavar e se deixa ficar no cabelo sem enxaguar...parece que estamos a usar produtos de um Spa luxuoso, sim senhora!

Mas, ou o meu cabelo está muito danificado para esta linha (que está, confesso, está a precisar de um corte e até fiz questão de experimentar esta linha com ele assim, porque testar produtos em cabelos saudaveis e lustrosos não fazia qualquer sentido) ou sou eu que já estava bem servida de produtos capilares (e nem estou muito mal servida) ou tinha as expetativas muito altas por se tratar de produtos KÉRASTASE (e tinha mesmo muito elevadas, especialmente pelo preço de mercado dos mesmos, que em cabelos tão longos como os meus é coisa para se gastar uma fortuna só em shampoo).

Apesar da experiência maravilhosa no duche, o cabelo depois de seco não ficou brilhante como prometido e ficou tão macio como fica quando uso qualquer outro produto dos que costumo comprar.

São produtos maus? Não, suponho que não, a marca fala por si! Além disso todas as opiniões que vejo pela net fora são diferentes da minha, por isso digo que talvez tenha elevado demasiadamente as expetativas.
Por mim não fizeram nada de mais...não esperava milagres, mas pelo preço que se paga pelos mesmos há muitos produtos disponíveis no mercado que, pelo menos em mim, fazem o mesmo efeito.
Xo,Xo, F.

12 junho 2015

Daqueles clichés sobre perspetivar as coisas

By, [miss]Framboesa

Uma pessoa queixa-se, amua, resmunga.

Até que algo que temos como certo e rotineiro muda, mesmo que temporariamente, e vemos que afinal não precisamos de muito mais que isso, para sermos felizes. 
E esperamos ansiosamente por voltar à rotina, quando cada serão a ver tv refastelados, cada ida as compras de mão dada, cada adormecer entrelaçados, ganha um novo brilho, uma nova perspetiva. 
Mas enquanto esse dia não chega, só queremos que tudo volte a ser como antes.Quando havia queixas,amuos e resmungos.
Xo,Xo, F.

11 junho 2015

Candidatura dos meus pais aos melhores pais do Mundo

By, [miss]Framboesa
Foram a Cabo Verde de férias.

Podiam-me ter trazido uma t-shirt a dizer "I Love Cabo Verde", bordados, olarias ou algum tareco, mas não.

Trouxeram-me a Love Addict Fragrance Mist e a Secret Charm Fragrance Mist, by Victoria's Secret.


I rest my case.
Xo,Xo, F.

13 maio 2015

Rumo aos... (qualquer coisa menos o que tenho hoje)

By, [miss]Framboesa
Update do 1.º mês :

O chato:
Aquela coisa de no "1.º mês tu notas qualquer coisa, no 2.º os amigos notam..." e blah blah blah? Hummm... eu não notei grande coisa, o espelho não notou grande coisa, a balança notou muito pouco (menos 1,5 kg) ... 

O bonzinho:
Estou mais tonificada não haja dúvida ( o que não me vale de muito porque a roupa teima em não servir).Continuo dorida às vezes, o que significa que me tenho superado em termos de treino e ainda aando a martelar musculos nunca antes martelados.

O sim sanhores:
Fora as excepções em dias de festividades (e ainda foram algumas, pah) tenho-me portado condignamente em termos de chafurdices à mesa, jantado sopinha sem batata, bebido os danacois, enfardado um mix de sementes (feito por mim com tudo o que é chia, linhaça, spirulina e afins). Comecei a adicionar gengibre, hortelã e limão ao meu chá diário, diz que faz bem, mal não fará, espero eu (e o fato de me fazer arder tudo por dentro é prova disso, o que arde cura já dizia a minha avó). 
Também tenho feito passadeira 5 vezes por semana, apenas falhei duas vezes devidamente compensadas com uma frenética lida doméstica no fim de semana seguinte. Com pena minha não posso correr, mas passei de 30 minutos a 5,8 km hora para 50 minutos a 6,4 km hora. Sem me doerem os joelhos nem as costas (well done girl!).

Daqui a um mês voltamos a "conberssar".
Xo,Xo, F.

Vou sentir falta da tua chafarica pah

By, [miss]Framboesa

E pronto.Um dos meus blogs favoritos, aquele que consulto todos (todinhos) os dias e a que volto sempre.O responsável por ter passado a ter como critério dos produtos que compro, não o fato de "não me fazerem mal" mas o fato de me "fazerem visivelmente e saudavelmente bem". Mas não só.Um blog cheio de pensamentos, ideias, que não se conformava com coisinhas, marcas, patrocínios e parcerias da treta, original e irreverente. Um blog adulto, mas com um lado traquina irresistivel.Pena que seja a excepção numa blogosfera cada vez mais artificial e comercial. Vou ter tantas saudades das tuas coisas e cenas!
Xo,Xo, F.

05 maio 2015

Cinco de maio

By, [miss]Framboesa

Quem me havia de dizer
17 anos já passaram
Sem que o pudesse prever
os nossos destinos se cruzaram

Cinco de maio, com festejos
(Como os "amigos americanos")
Foram trocados  beijos...
Já passaram 17 anos?!

...E um dia regressámos
Fizemos de novo magia
Cinco de maio, como sonhámos
Amor selado ao cair do dia

Recordo estes momentos
Que alimentam esta união
Palavras trocadas ao vento
Olhos cheios de paixão

E no meio da pieguice
Confesso-me emocionada
mas lembro-me da maluquice
E logo dou uma gargalhada!

Sempre que estivermos assim
Nunca nos sentiremos sós
Amo que gostes de mim
...E eu gosto tanto de nós!



Xo,Xo, F.

04 maio 2015

Fomos voar e shop 'till we drop

By, [miss]Framboesa
O sol continuava envergonhado...mas hoje estava calor!(pelo menos de manhã). Tomámos o pequeno almoço no hotel (confraternizámos mais uma vez com hóspedes brasileiros), apanhámos um I-Trolley e rumámos ao I-Fly Indoor Skydiving
I-Troley
O "vôo" do M. foi marcado online para as 9 horas, mas como tinhamos que estar lá meia hora antes, ficámos a observar os outros "voadores" que por lá estavam que já eram pro e faziam piruetas pelo túnel...estávamos a ficar com nervoso miudinho, ele porque era a primeira vez e tinha receio de não perceber as instruções, eu porque...ora...porque sou "eu" ... 

Nota: havia a possibilidade de marcar este vôo com desconto em vários sites, mas através das reviews constatámos que quando assim era, o vôo era agendado de um modo aleatório o que poderia atrapalhar o planeamento do dia, por isso optámos por marcar com hora pre-definida.
I-Fly Orlando
Depois de se equipar, e de receber todas as explicações necessárias, lá foi o M. com o seu orientador de vôo para o tunel de vôo.E foi giríssimo! Parecia que estava a planar no ar, o vento era tal que as bochechas dele abanavam de um modo cómico.O auge da sessão foi quando o orientador o levou até ao cimo do tunel várias vezes a uma grande velocidade :)
Vôo do M.
Saímos do I-Fly com destino ao Orlando International Premium Outlets mas não sei que raio fizemos, desorientamo-nos na avenida para onde devíamos virar e andámos 10 minutos na torreira do sol em sentido contrário ao devido... (bah). Depois de voltarmos todo o caminho para trás lá demos com a localização correta da paragem.Pelo caminho fomos vendo mini-outlets e inocentemente planeámos passsar por alguns deles na volta.Inocentemente porque o Premium Outlet da I-Drive era grande.Não.Era enorme. É uma característica dos Outlets da Florida, mas ninguém nos tinha preparado para o fato dos preços nas lojas serem mesmo 60%.70%,80% mais baixos que o preço normal. E nem sequer eram monos! Se ao início da tarde não havia muita gente, mais para o final havia gente por todo o lado, pessoal com trolleys cheios de compras, muitos (muitos) brasileiros a comprar coisas em serie para depois vender no Brasil onde os preços são exorbitantes...

Algumas ruas do Outlet ainda de manhã
Perdi a cabeça na Guess


E nós que nem somos os maiores consumistas do mundo perdemo-nos completamente...Sem que dessemos pelo tempo passar estivemos lá até ao fim da tarde, quando comemos um hamburguer do Five Guys (entrou para o top 5 e arrependemo-nos de o ter desprezado em Londres por acharmos que era fast food...aqui estava muita coisa gourmet senhores....hummmm) e decidimos que era tempo de regressar.Sim, cheios de sacos.
Five Guys
Perdi a cabeça em mais lojas, aliás...
Dica: levar um mapa com o que interessa visitar assinalado.Não, não vai haver tempo para visitar tudo.

Chegámos ao hotel derreados, mas queríamos muito ir ao City Walk (já que no dia seguinte era sexta e aquilo ía estar a pinha de certeza), por isso enchemo-nos de coragem e mesmo com os músculos todos doridos e a "paciência cansada" apanhámos um taxi para os Universal Studios. Não havia muita gente na rua (estava mais uma vez um briol á noite) pensámos por isso que seria fácil arranjar um restaurante. Mexicano não, porque íamos comer comida mexicana na semana seguinte.Fomos até ao Bob Marley,já estávamos até sentados,mas a música estava tão alta que nem conseguíamos ouvir os nossos pensamentos. Da ementa do Margaritaville, apesar de ter um ambiente muito giro, não conseguíamos escolher nada.Não queríamos sandes, nem hamburguers e com o frio que estava não puxava para o sushi
Mexicano

Margaritaville
Margaritaville

Entrada do City Walk
E pizza? "Whennnnn, pizza, isso comemos em casa...".E o tempo ía passando, e estávamos com frio, regressámos meio contrariados ao Red Oven Pizza que pelo menos estava quentinho por causa do forno de lenha.E gostámos.Gostámos muito...hummm...pizza de forno de lenha com rúcula e ingredientes frescos.

Já mais compostinhos fomos dar uma volta pelos bares da City Walk, visitámos o maior Hard Rock Cafe do Mundo e acabamos por ficar no Pat O' Briens  para um duelo de pianos.
O meu pé no pé do Michael Jordan (tenis a fazer pendant)

NBA City

HRC-O maior do Mundo


Interior do HRC (a imitar o de Lisboa, cof cof cof)
Nós somos fãs de piano bares/singalong bares, e com muita pena nossa não é fácil encontrar em Portugal, por isso sempre que estamos em algum país com alguma tradição neste tipo de entretenimento, aproveitamos.Foi um ótimo fim de serão, o bar estava animado com todos a cantarem em uníssono, o dueling piano divertiu-nos e não fosse o cansaço acumulado (não, nos livrámos dele até ao fim da viagem) ficávamos até bem mais tarde. 
Pat O' Briens - Duelo de pianos
Amanhã tinhamos mais um dia nos Universal Studios, o último dia em Orlando antes do cruzeiro.
Xo,Xo, F.