19 setembro 2014

Dos posts que nos conhecem a alma

By, [miss]Framboesa
Do Blog Coco na fralda

"...Vejamos: ninguém tem uma vida 100% feliz. Há dias de merda (pardon my french). Há dias em que temos vontade de sair de bater com a porta, sair para não mais voltar, mudar de vida, esquecer esta. Há dias em que questionamos tudo e choramos a alma inteira. Mas raramente nos atrevemos a partilhar estes estados de alma. Por um lado porque - lá está - queremos apenas deixar escrito aquilo que vale a pena. Por outro, porque sabemos que, na ditadura da felicidade em que vivemos, o mais certo é sermos trucidados, vilipendiados, apedrejados até nos termos esquecido da dor original. Porquê? Porque não temos o direito de nos sentirmos tristes, em baixo, com a neura. Logo virá quem grite que temos uma vida tão boa que falar em sofrimento é um escândalo, praticamente um crime, venha a polícia para nos levar! Logo virá quem aponte o dedo e nos mande sorrir. Logo virá quem fale de vidas escabrosamente infelizes, de dramas que nem supomos, para nos remeter ao ridículo. Deixámos de poder ficar num canto, a chorar só porque sim. Porque tivemos um dia de merda e só queremos amaldiçoá-lo e, exagerando um bocado, aproveitar para amaldiçoar a vida toda. "
Xo,Xo, F.

2 comentários:

Yep! Se fosse a vocês escrevia qualquer coisa, senão fico a pensar que eu é que tenho razão(Obrigada)