07 setembro 2012

Belos tempos!

By, [miss]Framboesa

Quando era miúda não morava ninguém da minha idade perto de mim por isso tinha que me entreter sozinha ou a meter-me na vida dos adultos.

Hoje em dia talvez isso não fizesse diferença ... mesmo que não morasse ninguém perto de mim os meus pais (que teriam que ser pais galinha porque hoje em dia é quase condição da paternidade) podiam sempre levar-me a casa de amigas. Ou então estaria tão ocupada numa das 27 actividades em que estava inscrita que não tinha que me preocupar muito com tempo sobrante para brincar.E depois os miudos passam tanto tempo na internet que nem precisam de sair de casa e ir para a rua brincar e esfolar os joelhos ou ouvir a mãe ou a avó gritarem do portão: "Vemmm jantarrrrrrr!!!!!"

Se tens menos de 25 anos dificilmente vais compreender do que falo.

Mas mesmo estando a maior parte do tempo sozinha no que respeita a brincadeira, não deixava de me divertir...mais novinha inventava actividades lúdicas (o dinheiro também não abundava para brinquedos sofisticados...) como seja funerais às formigas que morriam o quintal dos meus pais (tanto funeral fiz eu), desfile de moda com roupas que havia lá por casa guardadas, festivais da canção (com cenouras a fazer de microfone) ...  Também fazia grandes refeições, com comida de verdade. Ok, era basicamente lama, ervas e coisas peçunhentas que encontrava, mas surtia um melhor efeito que os acessórios de plástico que vêm hoje junto das cozinhas de brincar a fingir que são ingredientes. Quando comecei a ler (por acaso comecei antes de ir para a escola...tal não era o tempo disponível!) devorava livros que como eram caros, relia e relia e relia até haver um novo.

Acho que o facto de ter passado tantos dias, especialmente férias, sem brincar com outros miúdos e sem possuir brinquedos mais xpto, permitiu-me desenvolver a imaginação (ás vezes demais), o gosto pela leitura e o apreço por estar no meu canto e desenrascar-me sozinha.
Xo,Xo, F.

7 comentários:

Quel* disse...

Eu tenho 20 anos e sei perfeitamente do estás a falar. Tenho saudades da minha infância e tenho pena que os miudos de hoje em dia estejam sempre enfiados em casa a jogar consola ou na internet.

S* disse...

Eu sempre andei com a minha gémea, mas adorava jogos solitários e momentos de liberdade.

inês. disse...

Olá!
Criei um blog que se chama: “Magazine” e gostava que o visitasses e quem sabe, se gostasses, seguisses.
Fica aqui o link: inesblogmagazine.blogspot.com
Espero que gostes, beijinho*

inês calça disse...

Giveaway a decorrer, participa, x

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Inês
Obrigada.bjs

S*
Os meus momentos solitários foram-me impostos...mas pelos vistos não deixaram grandes mazelas :)


Quel*
Humm...se tens 20 anos eu tinha 15 anos quando nasces-te ...e juro-te...nessa altura já as coisas estavam muito mudadas! mas compreendo o teu ponto de vista....cada vez mais as mudanças são rapidissimas!

Este Mundo é Meu disse...

eu tinha uma mala de viagem cheia de coisas que inventava para brincar ás administrativas e tive de furar o rabinho das bonecas para elas poderem deitar para fora as coisas que eu lhes metia para dentro lollll

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

Ui, uma executiva!!!Não te imaginava assim :P