09 março 2012

Rir é mesmo o melhor remédio

By, [miss]Framboesa
Ontem fui a casa dos meus pais para tratar de alguma papelada para o seguro e tirar fotos às mazelas da minha mãe.

Eu - Oh pah, acendam a luz senão as fotos ficam desfocadas...
Mãe - Mas se acendermos a luz ve-se tudo lá de fora...

Cenário: a minha Mãe só em roupa interior na sala, eu de máquina fotográfica em punho a tirar fotos, o meu Pai a mandar bitaites e piropos (sim, piropos) e o Bell a observar a cena.

Mãe - Ainda pensam que estamos aqui a fazer uma sessão pornográfica...

E rimos todos... Se há coisa que adoro nos meus Pais é que não são mariquinhas nem "coisinhos" ... Podiam andar a queixar-se e lamentar-se durante semanas a fio, e não era caso para menos,  mas não, ali estavam eles a brincar com a situação como se não fosse nada.
Xo,Xo, F.

8 comentários:

  1. Há que encarar a vida com naturalidade e espírito positivo. A tua mãe até recupera melhor das mazelas, só por ter esse espírito aberto!

    P.S.: Até eu me ri só de imaginar o cenário :)

    ResponderEliminar
  2. Assim sempre dá para disfarçar um pouco!

    Um beijo e força!

    ResponderEliminar
  3. É muito bom conseguir ver as coisas boas, mesmo quando as nuvens negras pairam sobre nós. :)

    ResponderEliminar
  4. Antes rir que chorar realmente!!!":DD

    ResponderEliminar
  5. Bem verdade e ainda bem que assim é.
    As melhoras para mamãe! :)

    ResponderEliminar
  6. Trintona
    Obrigada!Aos poucos a coisa vai!

    Sonia
    ás vezes é mesmo a melhor hipotese que nos resta ;)

    S*
    Nisso os meus pais são especiais e fazem-no bem melhor do que eu ;)

    Sandra
    Obrigada lindona, e sim as coisas ficam mais suaves :)

    Miss 'S'
    E eu estou a rir-me agora por o recordar :) Bjs

    ResponderEliminar
  7. E é assim que deve ser. Tentar levar a vida sempre com alegria e positivismo :)

    Big Kisses

    ResponderEliminar
  8. CG
    Nem mais! Assim até ajuda as coisas boas a surgirem :)

    ResponderEliminar

Yep! Se fosse a vocês escrevia qualquer coisa, senão fico a pensar que eu é que tenho razão(Obrigada)