04 outubro 2011

Despertares

By, [miss]Framboesa
...E às vezes chegamos a um ponto na vida em que nos parece que ela flui assim pacificamente, sem pontos a realçar, mas também sem algo de maior que nos apoquente...e ficamos a pensar que tudo está perfeito, que tudo está sereno, que nada mais temos a ansiar ou temer.

E depois da acalmia vamo-nos dando conta que para alcançarmos os nossos objectivos, realizar os nossos desejos e concretizar os nossos sonhos, essa acalmia nem sempre é benéfica porque muitas vezes significa apenas que caímos na inércia, como que a dizer que o que não tem remédio remediado está... e transformamo-nos em espectadores da nossa própria vida, figurantes no nosso filme.
Xo,Xo, F.

3 comentários:

S* disse...

É muito triste ver a vida passar-nos ao lado...

sonia disse...

Nem sempre framboesa! Para quem NUNCA sentiu a paz e a tranquilidade, digo-te...ansiava por esses momentos de inercia lol
beijinhos grandes

Framboesa (uma diva de galochas) disse...

S*
Às vezes acontece mesmo que não nos demos conta...embora tente sempre ao máximo que isso não aconteça, ás vezes a vida prega-nos rasteiras e partidas...o que interessa é ter frça para nos erguermos :)

Sonia*
Nem sempre, bem sei...mas por vezes é uma falsa tranquilidade e essa pode ser bem traiçoeira, mais do que a intranquilidade que se nos apresenta ali, para que a possamos enfrentar de frente ;)