30 dezembro 2013

Síndrome de Peter Pan?

By, [miss]Framboesa

Há uns anos atrás (muitos, devia ter uns 13 anos), numa passagem de ano fui com os meus pais até um restaurante que não fazia festa de Reveillon. Eu não tinha permissão para ir para a ramboia com aquela idade e normalmente o Reveillon era passado em nossa casa ou na casa dos meus tios, mesmo ao lado da nossa.Logo eu que sempre fui dadas a festarolas massivas.

(Lembro-me apenas de uma vez que fui com uma prima minha mais velha para uma festa na casa de amigos dela...tinha uns 14 ou 15 anos e fui toda produzida, de tal modo que ela dizia descaradamente aos amigos que eu tinha SÓ 15 anos numa de afastar qualquer aproximação...ihihihih) (Lembras-te R.?)

Na altura, no tal restaurante, encontrámos dois casais amigos, talvez na casa dos "quase 30" e palavra puxa palavra, lembro-me deles terem comentado que já tinham chegado àquela fase em que mais que uma festa de arromba, apreciavam passar esta data sossegados, a conversar com amigos, sem grandes festejos. E na altura reflecti nisso, pensei que um dia também atingiria esta serenidade na vida e acabaria por me deixar da mania dos confettis, dos festejos e afins.

Hoje vejo-me a caminho dos 37 e constato que...fiquei presa a 1990 porque continuo a adorar festarolas, brilhos, confettis e tudo o que venha. E logo tinha que juntar os trapinhos com outro da mesma estirpe.E não me parece que vá mudar nos próximos 30 anos. 
Xo,Xo, F.

23 dezembro 2013

Bom Natal :)

By, [miss]Framboesa



Desejo a todos vocês que acompanham este cantinho, 
um Natal repleto de mimos e alegria!

Xo,Xo, F.

O Presépio

By, [miss]Framboesa
Entretanto fiz o presépio.Quase estive para o não fazer.Não tenho tido muito tempo e continuo desengonçada das costas. 
Mas fiz e soube-me bem fazê-lo.
Enquanto dispunha as figuras com mais de 25 anos pelo musgo, ía murmurando como já faço há tantos anos:"Tu vais para aqui" "Tu ficas aqui como de costume".
Sou um pouco déspota com o presépio...
Recordo-me da minha mãe também a dizer:"O cão fica sempre junto ao pastor" "A senhora vem da fonte com a bilha na cabeça"...E eu própria sigo estes passos, nem deixo que seja de outra maneira...Não faz qualquer sentido a lavadeira estar longe do lago nem a senhora com o burro carregado de sacas (de farinha)vir de outro lado que não seja o moinho...

(Claro que as casas serem mais pequenas que o pastor ou haver um galo maior que a igreja e um padeiro saído diretamente do Sec.XX faz todo o sentido).







Por isso acabo sempre por o fazer sozinha, com os meus pensamentos, a recordar natais passados...E nestes momentos sinto o Natal a correr-me cá dentro, mas um Natal diferente, aquele que se instala dentro de nós e nos faz ter esperança num futuro melhor, pelo simples grande fato que Jesus nasceu.
Xo,Xo, F.

20 dezembro 2013

Driving me Nuts! As nozes dietéticas :)

By, [miss]Framboesa

Os meus pais ofereceram-me um saco de nozes dietéticas que vieram da terra do meu pai.

Sim dietéticas.

A casca é rija, rija, rija. Só por causa disso vou para comer uma e desisto. Quando ganho coragem de partir alguma aquilo demora uma eternidade por isso só parto uma mesmo (em vez de 4 ou 17). 
Aliás, o processo de partir a noz queima mais calorias do que a ingestão de cinco nozes. 
A maior parte das vezes nem dá para comer uma porque se esmigalham todas.

Por isso ando a comer meia noz e mais umas migalhas por dia.

São ou não dietéticas?
Xo,Xo, F.

12 dezembro 2013

A mais recente panca

By, [miss]Framboesa
Que piorou desmesuradamente a semana passada. A família toda com uma destas e não precisava de mais nada.
Please? Pleaseeeee...pleaase...please...pleeeease ?????
Xo,Xo, F.

10 dezembro 2013

Este post era para ser sobre o Natal (é o que vale dar titulos depois de fazer os posts)

By, [miss]Framboesa

Regressámos há dois dias de Londres. Quanto a isto falarei (ou não) daqui a mais uns dias.(Com fotos!)Porque Londres é o local que me enche o coração já há mais de 20 anos e neste momento sairia um post lamechas e peganhento de tanto açúcar e talvez com umas lagrimitas a bailarem. E não quero isso, porque foram dias felizes. Demasiadamente felizes como sempre foram os dias passados em Londres e em Inglaterra. Sinto-me abençoada com a vida onde quer que esteja, mas lá sinto-me especial.No meu lugar.Como se tudo batesse certo e fizesse sentido.Quase ao ponto de me deixar sufocada o tanto que amo aquela cidade, aquela gente, aquele clima, (sim, sou fã do cinzento no céu e do dourado das folhas a cobrirem os parques).E mais uma vez dou por mim a falar de Londres com o coração aqui mesmo junto da boca (ou na ponta dos dedos já que estou a teclar?).

Lá terei que fazer o post sobre os preparativos de Natal noutra altura!
Falalala-lala-la-la
Xo,Xo, F.