26 setembro 2013

London is always a good idea

By, [miss]Framboesa
Durante as férias la em baixo fomos a um pub gerido por um moço britânico...conversa puxa conversa, fiquei a saber que ele era de Londres e estava cá em Portugal há alguns meses. Senti logo aquele impulso de lhe transmitir em segundos o quanto sou apaixonada por Londres, pelo clima, pelos brits, pela cidade em si e se pudesse mudava-me para lá num tirinho. 

Como não me pareceu muito crédulo, quando estávamos a pagar mostrei-lhe a minha carteira union jack, como quem diz: "Vê, não estava a exagerar!"
Ele deu-me uma miradela e disse qualquer coisa como:"...já tinha percebido..." 

Eu estava a usar esta t-shirt* :

*London is always a good idea
(Londres é sempre uma boa ideia)
Xo,Xo, F.

24 setembro 2013

Lar doce lar

By, [miss]Framboesa
Impressionante como o tempo passa e como é dividido durante a semana...O ideal seria podermos passar uma maior percentagem de tempo a fazer o que mais gostamos e com quem mais gostamos, mas suponho que isto raramente aconteça. Comigo não acontece de modo nenhum.
Os serões são diminutos.Chego a casa, tratar disto, daquilo, preparar comida, preparar a lancheira,adiantar a roupa de amanhã, por a mesa, levantar a mesa, bike, duches e afins... quando nos sentamos no sofá já quase o serão passou.Ainda para mais, agora dei em adormecer ás 23 horas, mais coisa, menos coisa.E os fins de semana passam a correr. Não admira que venere as férias.
Xo,Xo, F.

20 setembro 2013

Relax...take it easy...

By, [miss]Framboesa
Gosto desta altura do ano em que regressada das férias tenho sempre aquela sensação de recomeço, de que vou conseguir atingir os meus objetivos, de que vou ser mais organizada, mais assertiva, mais atenta e concentrada. Dou uma volta às tralhas e monos que temos por casa, faço mil e uma listas de organização e rotinas, anoto tudo na agenda...Não sei quanto tempo vai durar, mas enquanto dura sabe bem esta ideia renovada que as coisas vão encaminhar-se. Sinto isso muito mais agora, do que no início de cada ano.Talvez porque tenha as baterias recarregadas das férias e a energia reposta. Talvez porque estou mais relaxada.Talvez porque se aproxima a época do ano que melhor me embala, aconselha e favorece.

O meu outono está aí a chegar.
Xo,Xo, F.

19 setembro 2013

Para a posteridade

By, [miss]Framboesa

Xo,Xo, F.

5 gatos no motor

By, [miss]Framboesa
No último dia das férias passadas "lá em baixo", quando espreitámos pela varanda vimos que a gata que tinha tido gatinhos durante a nossa estadia estava a amamenta-los junto ao nosso carro. Até aqui tudo bem...o pior mesmo foi quando ela deu por nós a espreitar e vá de encaminhar os 5 gatinhos todos...para   dentro do capot do carro. 
Bonito. 
Ainda andámos a ver se conseguíamos tirar os bichanos para podermos ir para a praia, mas nada feito: fomos a pé a arrastar-nos para a praia pensando ingenuamente que entretanto eles saíam e tudo ficaria ok até ao fim do dia.

Engano. 

A gata achou que a área do motor do nosso carro seria um abrigo seguro para os gatinhos por isso mantinha-os aí escondidos.E nós precisávamos de regressar a Lisboa.

Tentámos de tudo: atrair a atenção com comida e leite, mas só a gata vinha, os filhotes mantinham-se dentro do capot do carro, escondemo-nos para só aparecer quando eles saíssem para mamar, mas eles assustavam-se e regressavam para o carro...chegou a uma altura que andavam gatos a sair e entrar das engrenagens do motor, e estávamos nós em locais estratégicos da varanda a fazer sinais um ao outro de quantos gatos víamos sair e entrar...Quando já só estava um gato dentro do capot tentamos retira-lo directamente mas era impossível: o gato era pouco maior que um rato e estava la encaixado sem que conseguíssemos retira-lo...despejamos mangueiradas de água com a esperança que ele assustado saísse, mas ele ficou ali, a tremer de frio e medo, a miar, mas não saía...Afastamo-nos com esperança que ele saísse por si, mas galo dos galos, dois irmãos vieram a procura dele e esconderam-se no carro também...

Nesta altura entrei num pranto, não íamos conseguir tirar os gatos, não íamos conseguir meter o carro a trabalhar com os gatos la dentro porque os íamos magoar (na melhor das hipóteses), fazia-me aflição os gatinhos a tremer de frio e de susto e a miar desalmadamente todos encharcados...depois de quase hora e meia de banhos de água lá conseguimos que um dos gatinhos espreitasse de modo a que eu o conseguisse tirar e passado mais um tempo conseguimos tirar o outro que saiu espontaneamente, mas estava tão desorientado que se deixou ficar a miar cheio de medo.

Encostei-os ao peito, magrinhos, indefesos, com o pelo branco sujo de óleo, encharcados em água até aos ossos, falei-lhes baixinho para os acalmar...apetecia-me ficar ali a mima-los, a aquece-los, a protege-los desta desventura.

É daqueles episódio que contado até poder parecer engraçado, mas não foi, nem por segundos. Foi angustiante.
Xo,Xo, F.

17 setembro 2013

Tudo bem

By, [miss]Framboesa
Perguntou-me se estava tudo bem comigo e eu respondi que sim, que estava tudo bem. Acabaram as férias, tenho receio pelo meu futuro laboral, tenho receio pelo país, por mim,tenho receio pelos meus receios.Continuo assim-assim do ombro e agora arranjei um 31 na anca.(Além da queimadura no cotovelo que não mata mas mói. Ou arde, vá). Sinto-me assoberbada facilmente.Demasiado. Mas dadas as circunstancias está tudo bem. Seria muita lata da minha parte responder-lhe que "Ia andando". Tenho algo que ela neste momento não tem (ainda) a 100%. Saúde. Por isso, está tudo bem.
Xo,Xo, F.