31 janeiro 2011

Viver despenteada

By, [miss]Framboesa
Foto by, Jane M.

Recebi via e-mail e adorei!!!(Além disso posso finalmente justifcar a minha guedelha)



"Hoje aprendi que é preciso deixar que a vida te despenteie.
Por isso decidi aproveitar a vida com mais intensidade…
O mundo é louco, definitivamente louco…
O que é bom, engorda. 
O que é lindo, custa caro. 
O sol que ilumina o teu rosto, enruga.
E o que é realmente bom nesta vida, despenteia…

Fazer amor – despenteia
Rir às gargalhadas - despenteia
Viajar,  voar, correr,  entrar no mar – despenteia
Tirar a roupa – despenteia
Beijar a pessoa amada – despenteia
Brincar – despenteia
Cantar até ficar sem ar – despenteia
Dançar até duvidar se foi boa ideia calçar aqueles saltos gigantes nessa noite, deixa o teu cabelo irreconhecível…

Então, como sempre, cada vez que nos vejamos eu vou estar com o cabelo despenteado… Mas podes ter certeza que estarei a passar pelo momento mais feliz da minha vida.

É a lei da vida:
Vai estar sempre mais despenteada a mulher que decide ir no primeiro carrinho da montanha russa, que aquela que decide não subir.

Pode ser que me sinta tentada a ser uma mulher impecável,
toda arrumada por dentro e por fora…



O aviso de páginas amarelas deste mundo exige boa presença:
Penteia o cabelo, põe, tira, compra, corre, emagrece, come coisas saudáveis, caminha direita, fica séria… 
E talvez até devesse seguir as instruções, mas…quando me vão dar a ordem para ser feliz?
Por acaso não se dão conta que para ficar bonita eu tenho que me sentir bonita???
A pessoa mais bonita que posso ser!
A única coisa que realmente importa é que ao me olhar no espelho,
veja a mulher que devo ser.

Por isso, a minha recomendação a todas as mulheres:
Entrega-te, come coisas gostosas, beija, abraça, dança, apaixona-te, relaxa, viaja, salta, dorme tarde, acorda cedo, corre, voa, canta, arranja-te para ficares linda, arranja-te para ficares confortável, admira a paisagem, aproveita, e acima de tudo:
Deixa a vida despentear-te!!!!
O pior que pode acontecer é que,
rindo em frente ao espelho,
precises pentear-te de novo...
Vive a  Vida !!! "

Xo-Xo F.

Batatas do Jamie acompanhadas da nossa Carne de porco básica

By, [miss]Framboesa

Já andava há uns tempos a tentar encontrar esta receita do Jamie que tinha visto de rajada no seu programa "O Natal de Jamie"...Cada vez que fazia zapping aparecia sempre o moço a comentar o quanto as batatas eram macias (fluffy) e saborosas...Pois claro...isso já eu tinha visto imensas vezes...mas e a receita? A receita? Porque raio, eu mudava sempre de canal na altura em que as batatas já estavam feitas? Lá programei a gravação do programa, e finalmente este Sábado consegui apanhar a receita toda.

Então, ele fez três tipos de receitas, mas eu só experimentei duas e fiz em poucas quantidades porque não posso abusar destas meninas.

Ingredientes:
batatas
azeite
vinagre
margarina
alecrim
casca de tangerina
alho
salva (não usei)
sal e pimenta

1.Pre-aqueci o forno a 190º.

2.Descasquei as batatas, cortei em pedaços médios/grandes e levei ao lume em água fria com um pouquinho de sal.
Deixei cerca de 10 minutos ao lume. ( A ideia é ficar o exterior cozinhado mas o interior ainda rijo)

3.
Para as batatas com azeite (na foto, lado direito):
-deitei no fundo de uma travessa de ir ao forno um pouco de azeite, até quase cobrir o fundo.
Para as batatas com margarina (na foto, lado esquerdo):
-deitei no fundo de uma travessa de ir ao forno pedaços de margarina.

4.Depois de escorridas, dispus as batatas nos tabuleiros envolvi ligeiramente com o azeite e a margarina e temperei com um pouco de sal e pimenta. Levei ao forno por 30 minutos.

5.Entretanto,
Para as batatas com azeite:
-Misturei numa tigela azeite, uma pitada de vinagre, folhinhas de alecrim e alhos inteiros com casca ligeiramente esborrachados

Para as batatas com margarina:
-Misturei numa tigela azeite, uma pitada de vinagre,  alhos inteiros com casca ligeiramente esborrachados e cascas de uma tangerina.
(na receita dizia para adicionar "salva" mas eu não adicionei porque não tinha e para não ter ervas em ambas as receitas)

6.Passados os 30 minutos, tirei do forno e dei uma cacetada em cada uma das batatas.

(O Jamie tem um daqueles acessórios de esborrachar batatas para fazer puré á mão...eu esborrachei mesmo com a parte de trás de uma colher de pau)
Nota: Ele diz que esta fase é essencial, para as batatas ganharem fundo e ficarem mais tostadinhas.Ele lá sabe ;-)

7.Depois da esborrachadela adicionei os preparados que tinha feito antes e foi ao forno por mais 25-30 minutos, com umas viradelas e mexidelas pelo meio.

Gostei!
O Mike diz que não devia ter posto tanto alecrim, mas eu gosto do sabor a ervas.
As batatas ficaram meio esborrachadas e gostosas, ideal para acompanhar assados.

Para "acompanhar as batatas" (ehehehe) fiz perna de porco dessossada no forno, a minha receita básica ( com molho de cenoura):

Ingredientes:
perna de porco sem osso (pode ser lombinhos de porco também)
tempero de frangos (yep!)
azeite
cenoura
vinho branco

1.Envolvi toda a perna de porco com o "tempero de frangos" e deixei marinar algumas horas. Como as peças eram grandinhas dei-lhes alguns golpes para entranhar mais o sabor.

2.Num tacho deitei um pouco de azeite e selei a carne de todos os lados, ou seja, tostei a carne toda em volta, para que mantivesse os sucos bons da carne no seu interior.

3.Forno a 190º ( já estava quente por causa das batatas)

4.Dispuz a carne numa travessa de ir ao forno, com a marinada, o azeite do tacho onde a selei e um pouco de vinho branco só para dar sabor. Deitei mais um fio de azeite sobre a carne.

5.Foi a assar cerca de 1 hora, com várias reviradelas durante o processo. O tempo depende do tamanho das peças e do quanto se gosta de mais ou menos tostado.

6.Enquanto a carne assava, cozi duas cenouras médias (sem sal).

7.Quando acabou de assar, despejei o molho que a carne deitou para um copo liquidificador, juntei a cenoura cozida, passei com a varinha mágica, rectifiquei temperos e despejei sobre a carne.

Pronto.Está inaugurada a nossa cozinha.
Xo-Xo F.
para qualquer eventualidade, consultar o "disclaimer #1"

Não, este não passou a ser um Blog de Culinária!

By, [miss]Framboesa

Gosto de cozinhar.
Aprendi a cozinhar apenas quando me casei, há quase 9 anos.(Shame-on-me)
A primeira vez que tive o confronto "Mim-A.", "Tu-Fogão", "Muito-gosto" foi após a lua de mel. Saiu-me uma belissima receita de salsichas esturricadas com uma nevoa de couve lombarda.

Gosto de cozinhar, mas quando me apetece.(Uiiii)
Não de cozinhar por cozinhar, para ter qualquer coisa para comer...gosto de inventar e experimentar coisas novas. Apesar de não me poder esticar muito em casa (sim, porque eu sou menina de misturar carne com fruta, com sumos, com sultanas e acompanhar com quadradinhos de chocolate...ehhhhhh) ás vezes lá vou adaptando o que vou vendo aqui e ali...
Ah.Adaptar.Pois.
Sou uma grande "xafurdadeira" de receitas...vou seguindo, seguindo, até que tenho que por qualquer coisa de mim...
Como não sou muito organizada, ás vezes entusiasmo-me, começo a fazer a receita e quando já tenho tudo ao lume é que reparo que não tenho ovos para fazer a "Tortilla á espanhola" (uma vez já tinha um cheese-cake quase montado quando me lembrei que me tinha esquecido de adicionar o ..."cheese"...)

Estava eu a lamuriar-me (muito se lamuria esta miuda pah) que não tenho ideias e tal e que se fosse para fazer comida "da boa" ("da boa"= daquela que sabe sempre bem) era só juntar natas ao bacalhau, natas aos bifes, natas a tudo e fritar batatas e estava tudo arrumado e coiso... Quando o Mike que já não me podia ouvir, coitado, sugeriu que fosse anotando as receitas que resultam bem na nossa casa.
"Oh pah, mas eu não sou nenhuma Chef!"

Mas realmente, já muita coisa passou pelo nosso forno e fogão, e apesar de serem coisas normais o saldo até é bastante positivo estatisticamente falando (e contra todas as previsões).


E qual o melhor local para anotar as ditas? Aqui pois claro!!!(O "pois claro!!!" era desnecessário, mas quiz dar um ar festivo á ocasião...).

Então a partir de agora vou aqui postar parte das comezainas que se vão fazendo em nossa casa, para minha memória futura ...e se alguém quiser arriscar testar em casa, faça favor:-)


Tanta coisa para dizer que: não, este não passou a ser um Blog de Culinária!

Xo-Xo F.
para qualquer eventualidade, consultar o "disclaimer #1"

30 janeiro 2011

Cliché da Semana

By, [miss]Framboesa


...E chega Domingo à noite...e começo a pensar em amanhã, e no trânsito, e no frio, e nos sapos,(ai os sapos que vou ter que engolir!) e no trabalho, e no dentista e...e...quero voltar a Sexta, mais ou menos à mesma hora...


Buáaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaaa
Xo-Xo F.

28 janeiro 2011

Be afraid....

By, [miss]Framboesa

Bem vindos ao "novo" Blog...
Que na verdade é a continuação dos outros Blogs do outro Blog...mas como aos poucos vou perdendo a minha faceta mais "pipoquinha" e "nuvens, passarinhos e lahhhh...lah...lah..."...decidi mudar-me para este...é mais "Eu"...(o que quer que isto queira dizer).

(Quem chegou aqui de pára-quedas via google à cata de divas, galochas ou coisas do tipo...hummm...vamos ignorar a parte de que existiram outros Blogs, "tabein?" que assim sempre mantenho um pouco a aura de que até sou uma miuda "sim-senhora")

(Ah...com a história dos croquetes e festa de inauguração não tive mesmo tempo para pensar em qualquer coisa mais sapiente para dizer...)

E pronto.
Xo-Xo F.
P.S. Nah...não há história de croquetes nenhuma...era eu a armar-me em fina...
P.S. Se alguma coisa não resultar como deve de ser, a culpa é do vosso computador,porque eu percebo disto a rodos. :P